Terça-feira, 20 de Novembro de 2018
HOME img A RÁDIO img PROGRAMAÇÃO img EQUIPE img NOTÍCIAS img CHAT img PROMOÇÕES img ANÚNCIE img FALE CONOSCO  
GALERIA DE FOTOS PARCERIAS COMO OUVIR? SUGESTÕES MURAL DE RECADOS AGENDA DE EVENTOS VIDEOS  
   
img   img
Comissão aprova CPI ampla para investigar Petrobras, metrô e porto
A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) aprovou nesta quarta-feira (9) relatório do senador Romero Jucá (PMDB-RR) favorável à abertura de uma CPI ampliada da Petrobras, que pretende investigar, além da estatal, denúncias de cartel no metrô de São Paulo e de irregularidades nas obras do Porto de Suape e da refinaria de Abreu e Lima, em Pernambuco.

A CPI ampla agrada ao governo, porque as denúncias em São Paulo se referem a período em que o PSDB comandou o estado e as de Pernambuco estão ligadas à gestão do ex-governador Eduardo Campos (PSB). O senador Aécio Neves (PSDB-MG) e o próprio Campos são prováveis rivais da presidente Dilma Rousseff nas eleições de outubro.

A oposição já havia apresentado um pedido de CPI para investigar exclusivamente a Petrobras. Para contrapor o pedido da oposição, os governistas fizeram pedido para a CPI ampliada. As duas foram alvos de questionamentos por parte dos senadores que se opõem a cada uma das propostas.

Na semana passada, o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), rejeitou os questionamentos sobre as CPIs e se posicionou favoravelmente à instalação de uma comissão ampla. No entanto, Calheiros remeteu sua decisão à análise da CCJ.

O relatório de Jucá seguiu o entendimento de Renan Calheiros ao apontar favoravelmente para a criação da CPI ampliada.

O texto aprovado na CCJ agora segue para o plenário do Senado e pode ser votado ainda nesta quarta.

A oposição ainda aguarda posicionamento do Supremo Tribunal Federal sobre mandado de segurança, protocolado nesta terça, em que os oposicionistas pedem CPI exclusiva sobre a Petrobras.

Debate
Durante a sessão da CCJ, senadores contrários ao relatório deixaram o plenário e se recusaram a votar, como Mário Couto (PSDB-PA), Pedro Simon (PMDB-RS) e Randolfe Rodrigues (PSOL-AP). Eles estão entre os senadores que assinaram um mandado de segurança protocolado junto ao STF nesta terça-feira para tentar garantir a instalação da CPI exclusiva para a Petrobras.

"Não há mais de mim o que argumentar porque há uma posição dada, uma posição exercida, tomada aqui pela maioria, que é a posição de não ter a instalação da CPI. Dito isso, eu não me submeterei a votação aqui porque não cabe mais a essa comissão e sim ao Supremo Tribunal Federal", disse Randolfe Rodrigues.

"Eu não saio xingando nem vou embora porque minha vontade não prevalece", rebateu a senadora petista Gleisi Hoffmann (PR). "Eu aprendi a respeitar a democracia, que tem maioria e minoria e tem de haver espeito", concluiu.

A ex-ministra da Casa Civil foi bastante atacada ao dizer que "as técnicas que hoje a oposição denuncia" de obstrução de CPI foram no passado usadas por quem hoje faz oposição ao governo. "Vossas excelências têm que explicar por que não deixaram prosperar as CPIs quando era maioria", provocou ex-ministra da Casa Civil.

O líder do PSDB, Aloysio Nunes (SP), disse que Gleisi está no "mundo da lua" e disse que a movimentação do governo para "sufocar" a CPI é o "fim da picada". Ele tentou suspender a sessão antes da votação do relatório, mas não obteve sucesso junto ao plenário, que rejeitou seu pedido de adiamento.


Do G1

Via ClickPB
Imagem meramente ilustrativa


Notícia Postada em 09/04/2014


  VEJA TAMBÉM!

[25/11/2014] - REAÇÃO: “Quem não estiver com o governo peça exoneração”, recomenda Ricardo
[25/11/2014] - Polícia Federal paralisa atividades por 48 horas na Paraíba
[25/11/2014] - Maísa Cartaxo deve ser o nome escolhido para vice na chapa de Veneziano Vital do Rêgo
[25/11/2014] - Polícia prende acusado de praticar atos libidinosos com criança de 6 anos em João Pessoa
[25/11/2014] - Moradores interditam BR-230 próximo ao Porto de Cabedelo; Postos já começam a ficar sem combustível
[25/11/2014] - "Estão tentando criar uma situação para que eu pareça o causador do rompimento", declara RC
[25/11/2014] - DONA INÊS-PB. LADRÃO É PRESO POR POLICIAIS DO RN, COM APOIO DE POLICIAIS DA PB. O ACUSADO FOI ALVEJADO.
[25/11/2014] - Dupla é apreendida após roubar moto de sargento da polícia em Guarabira, no Brejo
[24/11/2014] - Inquérito apura denúncia de abuso cometido por padre na Paraíba
[24/11/2014] - Petrobras abre inscrições nesta segunda-feira com salário de R$ 8 mil

img   img
 
  NO AR
img
Programa: Talismã Fm
Com: O Orgulho da Gente!
Até as: 24:00 hs. No AR pra você
Email:
 
  RECEBA AS ATUALIZAÇÕES
img
Rádio Talismã 99,3 FM
Receba as atualizações do site direto em seu e-mail!
NOME:
E-MAIL:
 
  PEÇA SEU SOM
img
Seu nome:
Cidades / Estado:
Pedido / Mensagem :
 
  OUVINTE DO MÊS cadastre-se  
img
 
  TWITTER
img
 
  ENQUETE
img

Nenhuma Enquete encontrada!

 
  AGENDA
img
Nenhum registro encontrado!
 

© 2011 - www.talisma993fm.com.br - Todos os Direitos Reservados

Desenvolvido por PC GOLD INFORMÁTICA