Segunda-feira, 27 de Setembro de 2021
HOME img A RÁDIO img PROGRAMAÇÃO img EQUIPE img NOTÍCIAS img CHAT img PROMOÇÕES img ANÚNCIE img FALE CONOSCO  
GALERIA DE FOTOS PARCERIAS COMO OUVIR? SUGESTÕES MURAL DE RECADOS AGENDA DE EVENTOS VIDEOS  
   
img   img
Adolescente morre em hospital na Paraíba e polícia desconfia de estupro
Uma menina de 13 anos morreu na tarde de quarta-feira (31), no Hospital de Emergência e Trauma de Campina Grande com um quadro de infecção generalizada que teria sido causada por um estupro, segundo informou a família à polícia. Eles contaram ainda que há uma semana a menina havia saído de casa com um homem mais velho que teria conhecido na Internet. De acordo com a Delegacia da Infância e Juventude, a causa da morte ainda é desconhecida.

A equipe médica informou que a adolescente deu entrada às 15h29 no Trauma. Ela foi levada pelos pais com um quadro de inflamação pélvica que evoluiu para uma infecção generalizada e durante um procedimento cirúrgico sofreu paradas cardíacas e morreu.
O diretor técnico do hospital informou que ela foi encaminhada pelo Hospital da Criança, sofrendo com dor abdominal que sentia há dois dias. “O médico identificou uma secreção de pus na cavidade genital, ela foi levada para assepsia, sofreu duas paradas cardíacas e, às 17h30, morreu. Há uma possibilidade de a relação sexual sem acompanhamento da família, que pode ter sido violenta ou não, ser a razão do desenvolvimento rápido de uma infecção tão grave”, afirmou o médico Flawber Cruz.
De acordo com o médicos, a família informou que na última semana a menina fugiu de casa com um suposto namorado, retornando no mesmo dia no fim da tarde. A Polícia Civil ainda não tem suspeitos mas já investiga o caso e a hipótese de estupro.
"Há uma semana, na quinta-feira (25), ela saiu de casa e os pais procuraram a polícia, mas ela retornou no mesmo dia. Sabemos que ela residia com o pai, a mãe e um irmão, mas ainda vamos ouvir a família, que está muito abalada. Tentaremos também antecipar o resultado da perícia. No boletim consta como morte a investigar”, explicou a delegada Alba Tânia Casemiro.
Segundo o Núcleo de Medicina e Odontologia Legal (Numol) de Campina Grande, um laudo preliminar será dado em 10 dias e o conclusivo em 30 dias.

Fonte: G1 PB


Notícia Postada em 01/11/2012


  VEJA TAMBÉM!

[25/11/2014] - REAÇÃO: “Quem não estiver com o governo peça exoneração”, recomenda Ricardo
[25/11/2014] - Polícia Federal paralisa atividades por 48 horas na Paraíba
[25/11/2014] - Maísa Cartaxo deve ser o nome escolhido para vice na chapa de Veneziano Vital do Rêgo
[25/11/2014] - Polícia prende acusado de praticar atos libidinosos com criança de 6 anos em João Pessoa
[25/11/2014] - Moradores interditam BR-230 próximo ao Porto de Cabedelo; Postos já começam a ficar sem combustível
[25/11/2014] - "Estão tentando criar uma situação para que eu pareça o causador do rompimento", declara RC
[25/11/2014] - DONA INÊS-PB. LADRÃO É PRESO POR POLICIAIS DO RN, COM APOIO DE POLICIAIS DA PB. O ACUSADO FOI ALVEJADO.
[25/11/2014] - Dupla é apreendida após roubar moto de sargento da polícia em Guarabira, no Brejo
[24/11/2014] - Inquérito apura denúncia de abuso cometido por padre na Paraíba
[24/11/2014] - Petrobras abre inscrições nesta segunda-feira com salário de R$ 8 mil

img   img
 
  NO AR
img
Programa: Talismã Fm
Com: O Orgulho da Gente!
Até as: 24:00 hs. No AR pra você
Email:
 
  RECEBA AS ATUALIZAÇÕES
img
Rádio Talismã 99,3 FM
Receba as atualizações do site direto em seu e-mail!
NOME:
E-MAIL:
 
  PEÇA SEU SOM
img
Seu nome:
Cidades / Estado:
Pedido / Mensagem :
 
  OUVINTE DO MÊS cadastre-se  
img
 
  TWITTER
img
 
  ENQUETE
img

Nenhuma Enquete encontrada!

 
  AGENDA
img
Nenhum registro encontrado!
 

© 2011 - www.talisma993fm.com.br - Todos os Direitos Reservados

Desenvolvido por PC GOLD INFORMÁTICA