Sexta-feira, 24 de Setembro de 2021
HOME img A RÁDIO img PROGRAMAÇÃO img EQUIPE img NOTÍCIAS img CHAT img PROMOÇÕES img ANÚNCIE img FALE CONOSCO  
GALERIA DE FOTOS PARCERIAS COMO OUVIR? SUGESTÕES MURAL DE RECADOS AGENDA DE EVENTOS VIDEOS  
   
img   img
Cássio cobra da PGR que se posicione sobre o Piso Salarial dos Professores
O senador Cássio Cunha Lima (PSDB) reiterou, de forma veemente, nesta terça-feira (8), o pedido endereçado ao procurador-geral da República, Roberto Gurgel, no sentido de que ele compareça à Comissão de Educação ou receba senadores da CE em audiência para debater o piso salarial dos professores.“Quero aqui protestar, porque solicitamos audiência ao procurador-geral Roberto Gurgel, para solicitar a ele a apresentação, por parte da PGR, de reclamação, perante o Supremo Tribunal Federal, para que estados e municípios sejam forçados a cumprir com o piso salarial dos professores”, ressaltou Cássio, observando que não obteve nenhum retorno da PGR decorridos dois meses.

O presidente da Comissão de Educação, senador Roberto Requião (PMDB-PR), acrescentou que já foram 18 os telefonemas da Comissão. “Somos responsáveis por verificar eventuais crimes de responsabilidade do procurador geral. Fazemos um último apelo conciliatório para que senadores sejam recebidos. Não posso aceitar o silêncio como resposta, mas como um ato de desconsideração com o Poder Legislativo”, frisou.

Cássio Cunha Lima afirmou que, mantida a postura do titular da PGR, defenderá a imediata convocação de Roberto Gurgel para prestar explicação ao Senado. Cunha Lima ponderou compreender o não comparecimento de Gurgel na CPMI do Cachoeira, mas não aceita a desconsideração como resposta ao pleito da Comissão de Educação .

Os senadores já aprovaram na Comissão de Constituição e Justiça o projeto de autoria do senador Cristovam Buarque (PDT-DF), que institui o piso de R$ 700,00 para os professores que trabalham no nível médio e R$ 980 para os que trabalham no nível superior, que tramita na Comissão de Educação para votação terminativa. Em 2008 a legislação brasileira estabeleceu um piso de R$ 1.451,00, mas pelo menos onze estados não o cumprem.


Fonte: Paraíba Já


Notícia Postada em 09/05/2012


  VEJA TAMBÉM!

[25/11/2014] - REAÇÃO: “Quem não estiver com o governo peça exoneração”, recomenda Ricardo
[25/11/2014] - Polícia Federal paralisa atividades por 48 horas na Paraíba
[25/11/2014] - Maísa Cartaxo deve ser o nome escolhido para vice na chapa de Veneziano Vital do Rêgo
[25/11/2014] - Polícia prende acusado de praticar atos libidinosos com criança de 6 anos em João Pessoa
[25/11/2014] - Moradores interditam BR-230 próximo ao Porto de Cabedelo; Postos já começam a ficar sem combustível
[25/11/2014] - "Estão tentando criar uma situação para que eu pareça o causador do rompimento", declara RC
[25/11/2014] - DONA INÊS-PB. LADRÃO É PRESO POR POLICIAIS DO RN, COM APOIO DE POLICIAIS DA PB. O ACUSADO FOI ALVEJADO.
[25/11/2014] - Dupla é apreendida após roubar moto de sargento da polícia em Guarabira, no Brejo
[24/11/2014] - Inquérito apura denúncia de abuso cometido por padre na Paraíba
[24/11/2014] - Petrobras abre inscrições nesta segunda-feira com salário de R$ 8 mil

img   img
 
  NO AR
img
Programa: Talismã Fm
Com: O Orgulho da Gente!
Até as: 24:00 hs. No AR pra você
Email:
 
  RECEBA AS ATUALIZAÇÕES
img
Rádio Talismã 99,3 FM
Receba as atualizações do site direto em seu e-mail!
NOME:
E-MAIL:
 
  PEÇA SEU SOM
img
Seu nome:
Cidades / Estado:
Pedido / Mensagem :
 
  OUVINTE DO MÊS cadastre-se  
img
 
  TWITTER
img
 
  ENQUETE
img

Nenhuma Enquete encontrada!

 
  AGENDA
img
Nenhum registro encontrado!
 

© 2011 - www.talisma993fm.com.br - Todos os Direitos Reservados

Desenvolvido por PC GOLD INFORMÁTICA