Sexta-feira, 24 de Setembro de 2021
HOME img A RÁDIO img PROGRAMAÇÃO img EQUIPE img NOTÍCIAS img CHAT img PROMOÇÕES img ANÚNCIE img FALE CONOSCO  
GALERIA DE FOTOS PARCERIAS COMO OUVIR? SUGESTÕES MURAL DE RECADOS AGENDA DE EVENTOS VIDEOS  
   
img   img
Greves à vista: professores param, Polícia Civil agenda e fiscais alertam
O movimento grevista já assola, no mínimo, três categorias na Paraíba. Os professores pararam as atividades desta quarta-feira (14) até a próxima sexta-feira (16). O SindFisco realizará assembleia geral hoje à noite. Já os policiais civis já anunciaram a paralisação para a manhã de sexta-feira.
Os professores de instituições federais, estaduais e municipais paralisaram as atividades a partir desta quarta-feira (14). O movimento se estende até a próxima sexta-feira (16) e cerca de 450 mil alunos ficarão sem aulas no Estado. O objetivo é exigir que a Lei do Piso do Magistério seja cumprida pelas autoridades.
Em fevereiro de 2012, o Ministério da Educação definiu o piso nacional no valor de R$ 1.451. De acordo com o Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Estado da Paraíba (Sintep), o valor pago ao professor paraibano é de R$ 1.038. Uma Assembleia geral está marcada para a próxima sexta-feira.
Já a Secretaria Estadual de Educação diz que houve reajuste no magistério em janeiro de 2012 e não há motivo para paralisação.
Leia mais: A partir de hoje: 450 mil alunos estão sem aulas na PB
Outra categoria que pretende cruzar os braços é a dos agentes fiscais da Paraíba. Eles realizam, às 18h30 desta quarta-feira, uma nova assembleia geral, na sede do sindicato. Segundo o presidente do SindFisco, Victor Hugo, o Governo do Estado não está cumprindo com a Lei do Subsídio, que estabelece repasses aos salários dos fiscais com base no comportamento da arrecadação.
Leia mais: Fisco articula para março greve de todos os servidores
Uma terceira categoria que paralisará as atividades a partir das 8h da próxima sexta-feira (16) em toda Paraíba é a dos Policiais Civis. A suspensão das atividades, que durará 24 horas, é uma advertência ao Governo do Estado.
Os policiais civis e escrivães querem abrir negociações salariais. E acenam, com a paralisação, possibilidade de greve geral por tempo indeterminado.



Fonte: Portal Correio


Notícia Postada em 14/03/2012


  VEJA TAMBÉM!

[25/11/2014] - REAÇÃO: “Quem não estiver com o governo peça exoneração”, recomenda Ricardo
[25/11/2014] - Polícia Federal paralisa atividades por 48 horas na Paraíba
[25/11/2014] - Maísa Cartaxo deve ser o nome escolhido para vice na chapa de Veneziano Vital do Rêgo
[25/11/2014] - Polícia prende acusado de praticar atos libidinosos com criança de 6 anos em João Pessoa
[25/11/2014] - Moradores interditam BR-230 próximo ao Porto de Cabedelo; Postos já começam a ficar sem combustível
[25/11/2014] - "Estão tentando criar uma situação para que eu pareça o causador do rompimento", declara RC
[25/11/2014] - DONA INÊS-PB. LADRÃO É PRESO POR POLICIAIS DO RN, COM APOIO DE POLICIAIS DA PB. O ACUSADO FOI ALVEJADO.
[25/11/2014] - Dupla é apreendida após roubar moto de sargento da polícia em Guarabira, no Brejo
[24/11/2014] - Inquérito apura denúncia de abuso cometido por padre na Paraíba
[24/11/2014] - Petrobras abre inscrições nesta segunda-feira com salário de R$ 8 mil

img   img
 
  NO AR
img
Programa: Talismã Fm
Com: O Orgulho da Gente!
Até as: 24:00 hs. No AR pra você
Email:
 
  RECEBA AS ATUALIZAÇÕES
img
Rádio Talismã 99,3 FM
Receba as atualizações do site direto em seu e-mail!
NOME:
E-MAIL:
 
  PEÇA SEU SOM
img
Seu nome:
Cidades / Estado:
Pedido / Mensagem :
 
  OUVINTE DO MÊS cadastre-se  
img
 
  TWITTER
img
 
  ENQUETE
img

Nenhuma Enquete encontrada!

 
  AGENDA
img
Nenhum registro encontrado!
 

© 2011 - www.talisma993fm.com.br - Todos os Direitos Reservados

Desenvolvido por PC GOLD INFORMÁTICA