Domingo, 19 de Setembro de 2021
HOME img A RÁDIO img PROGRAMAÇÃO img EQUIPE img NOTÍCIAS img CHAT img PROMOÇÕES img ANÚNCIE img FALE CONOSCO  
GALERIA DE FOTOS PARCERIAS COMO OUVIR? SUGESTÕES MURAL DE RECADOS AGENDA DE EVENTOS VIDEOS  
   
img   img
UEPB: Servidores fazem greve, mas reitoria considera adesão baixa
Funcionários técnicos e administrativos votaram pela greve na sexta (2). Movimento quer reajuste salarial e garantia de autonomia financeira.
Os servidores técnicos e administrativos da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) iniciaram uma greve na manhã desta segunda-feira (5). O Sindicato dos Trabalhadores do Ensino Superior (Sintesp) calcula que a instituição possui cerca de 800 funcionários nestes segmentos em oito campi e a expectativa é de que a paralisação continue por tempo indeterminado. Apesar do movimento ter começado no primeiro dia do ano letivo para 21 mil alunos, a assessoria de imprensa da reitoria informou que a adesão ainda é baixa e garantiu que os serviços estão sendo oferecidos no ritmo normal, especialmente no campus de Campina Grande, o maior da universidade.
"Os servidores estão trabalhando normalmente em todos os departamentos e no prédio da Administração Central, que é um dos mais movimentados. Os alunos não estão sendo prejudicados. Todas as aulas começaram pela manhã e vão ter continuidade à tarde e à noite", explicou a assessora Tatiana Brandão.

A decisão pela greve foi tomada na sexta-feira (2) durante uma assembleia realizada em Campina Grande. De acordo com Severino Ramos, presidente do Sintesp na UEPB, o comando de greve faz uma reunião no começo da tarde desta segunda-feira para definir os rumos a serem tomados nos primeiros dias.
Entre as reivindicações estão o reajuste salarial de 11,34% e o respeito à lei de autonomia financeira da instituição, por parte do governo estadual. Os servidores argumentam que a lei não estaria sendo cumprida desde fevereiro, quando o governo publicou no Diário Oficial do Estado limites para o repasse dos recursos à universidade.
Além dos servidores, os docentes fizeram uma assembleia na sexta-feira para avaliar a possibilidade de entrar em greve, mas não chegaram a um acordo. Uma nova votação foi marcada para 14 de março. A categoria é formada por 1,3 mil professores.


Fonte: G1 PB


Notícia Postada em 05/03/2012


  VEJA TAMBÉM!

[25/11/2014] - REAÇÃO: “Quem não estiver com o governo peça exoneração”, recomenda Ricardo
[25/11/2014] - Polícia Federal paralisa atividades por 48 horas na Paraíba
[25/11/2014] - Maísa Cartaxo deve ser o nome escolhido para vice na chapa de Veneziano Vital do Rêgo
[25/11/2014] - Polícia prende acusado de praticar atos libidinosos com criança de 6 anos em João Pessoa
[25/11/2014] - Moradores interditam BR-230 próximo ao Porto de Cabedelo; Postos já começam a ficar sem combustível
[25/11/2014] - "Estão tentando criar uma situação para que eu pareça o causador do rompimento", declara RC
[25/11/2014] - DONA INÊS-PB. LADRÃO É PRESO POR POLICIAIS DO RN, COM APOIO DE POLICIAIS DA PB. O ACUSADO FOI ALVEJADO.
[25/11/2014] - Dupla é apreendida após roubar moto de sargento da polícia em Guarabira, no Brejo
[24/11/2014] - Inquérito apura denúncia de abuso cometido por padre na Paraíba
[24/11/2014] - Petrobras abre inscrições nesta segunda-feira com salário de R$ 8 mil

img   img
 
  NO AR
img
Programa: Talismã Fm
Com: O Orgulho da Gente!
Até as: 24:00 hs. No AR pra você
Email:
 
  RECEBA AS ATUALIZAÇÕES
img
Rádio Talismã 99,3 FM
Receba as atualizações do site direto em seu e-mail!
NOME:
E-MAIL:
 
  PEÇA SEU SOM
img
Seu nome:
Cidades / Estado:
Pedido / Mensagem :
 
  OUVINTE DO MÊS cadastre-se  
img
 
  TWITTER
img
 
  ENQUETE
img

Nenhuma Enquete encontrada!

 
  AGENDA
img
Nenhum registro encontrado!
 

© 2011 - www.talisma993fm.com.br - Todos os Direitos Reservados

Desenvolvido por PC GOLD INFORMÁTICA